segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Destroyer

Talvez eu seja um coelhinho num semáforo
de braços abertos esperando com que os carros venham e me dilacerem impiedosamente.
Ou talvez eu seja um cão doente,
numa sala de espera para ser sacrificado, brincando com meu dono achando que tudo está bem.
Então eu fecho meus olhos, esqueço de mim mesmo e tento dormir mais uma vez.


(Num dia desses, acordo no topo de um precipício...
E vejo pássaros me guiando para onde devo pular. Meus pés tremem.
E enquanto caio, vem algo em minha mente me mostrando como seria minha vida se eu conseguisse ser quem eu quero,
Mas está tudo em branco!
)

Então feche seus olhos,
Sinta com tua alma
Esqueça essa "realidade surreal" que vivemos e venha comigo!
Pule comigo! Vamos?!
Seja a minha destruidora e venha!

Ou apenas feche seus olhos e tente dormir, outra vez...

3 comentários:

Fabricio! disse...

O que que o coelho foi fazer no semáforo?!! E por que é tão difícil morrer sem ter que acabar com a vida de outro alguém?!! "Um é tudo e tudo somos nós"?



Para ouvir enquanto lê: Hold Your Breath!!!

Eu de novo =] disse...

Hold Your Brath??????????

"Corregem eça borra aí!!!"

Arpeggi/Cara Esquisito disse...

Adivinha quem fez a cagada??!
sobra pra mim consertar né!
ta osso!
rs